LiveZilla Live Chat Software
TERCEIRIZAÇÃO DE FROTA

Terceirizar é decisão inteligente.

       As grandes empresas não têm sido as únicas a concluir que pode valer a pena deixar o abacaxi da aquisição e do gerenciamento da frota nas mãos de quem entende do assunto. Ao contrário. Médias e pequenas corporações também já contratam, cada vez mais, serviços de Locadoras Associadas à ABLA.

       A terceirização de frotas - ampla, geral e irrestrita - tem sido palavra de ordem. No entender de Peter Drucker, o guru dos gurus, em recente entrevista à revista Fortune: "A maioria das pessoas vê a terceirização do ponto de vista do corte de custos, o que julgo ser um engano. O que a terceirização faz é melhorar a qualidade das pessoas que ainda trabalham para você. Acredito que as empresas deveriam terceirizar todas as atividades para as quais não haja um percurso de carreira que conduza os funcionários à alta gestão". É justamente esse o caso da administração de frotas de veículos na maioria das empresas. As evidências estão ao alcance de todos. De acordo com o International Data Corporation (IDC), terceirização é a palavra do momento, no Brasil e no mundo. Com crescimento significativo nos últimos anos. Um dos grandes motivadores desse salto foi a redução de custos, o primeiro resultado de qualquer projeto de terceirização. Mas, por trás dessa necessidade urgente, há outro movimento em curso que promete mudar a maneira como as empresas encaram o uso dos automóveis - e seus próprios negócios.

      O aumento nos custos de uma frota própria geralmente faz o sinal amarelo disparar nos corredores das empresas. Assim não é de se estranhar que as estatísticas mostrem o crescimento contínuo da terceirização de frotas no Brasil, a exemplo do que já ocorre nos Estados Unidos e nos principais países da Comunidade Européia. A Locação de Automóveis no Brasil é uma das mais terceirizadas e ocupa a 11º colocação. Cada vez mais as organizações precisam ter uma menor estrutura interna e uma maior rede de parceiros.

       As vantagens são o foco no Core Business, redução de custos, revisão de estrutura e aumento de qualidade, entre outras. Com inteligência os executivos das empresas estão vendo que "é melhor pagar pelo uso e não pela propriedade"

As Vantagens do Aluguel

Item de Custo
Frota Própria (Custos)
Frota Alugada (Benefícios)
Licenciamento e Emplacamento
Sua empresa administra
Já vem licenciado e emplacado
Distribuição logística do veículo
Sua empresa distribui
Entregue onde solicitado
Seguros
Sua empresa contrata e custeia
Já incluído no aluguel
Peças de reposição
Sua empresa adquire
A Locadora paga a conta
Pessoal para manutenção
Sua empresa contrata e remunera
Pessoal da Locadora
Veículo reserva
Sua empresa tem que manter
Fornecido pela Locadora
Assistência 24 horas
Sua empresa tem que contratar
Serviço oferecido pela Locadora
Perdas por roubo, furto, incêndio ou colisão
Sua empresa assume
O risco é da Locadora
Assessoria jurídica para sinistros
Sua empresa contrata
A Locadora cuida de tudo
Custo de oportunidade do capital
Sua empresa investe na frota
A Locadora investe na frota de sua empresa
Impostos
Sua empresa paga
As despesas são da Locadora
Custos financeiros sobre a ociosidade da frota
Sua empresa paga
São pagos pela Locadora
Investimento na renovação da Frota
Sua empresa investe
Por conta da Locadora
"Dor de cabeça" com a frota
É sua
É da Locadora
 



Ganhos Administrativos


       Ainda há empresas no Brasil que insistem em manter frotas próprias de automóveis, administradas internamente e que exigem esforço constante para manutenção e atualizações. Ou seja, os veículos mais atrapalham do que ajudam.
       Depois de fazer e refazer as contas e antever a dor de cabeça de uma reestruturação completa da frota própria, mais e mais executivos chegam à conclusão que a solução é uma só: livrar-se da administração da frota de automóveis. Isso porque automóvel bom é aquele sem falhas, que está sempre disponível e é um instrumento gerador de economia para a empresa que o utiliza, permitindo a ela manter-se na vanguarda do seu mercado.
       Escolhida a Locadora de Automóveis que fornecerá a frota, a empresa-cliente abre espaço para reduzir sua equipe interna e para dedicar-se a planejar e decidir quais são os projetos prioritários para o seu negócio em si. Uma característica da terceirização é a mudança de princípios. Terceirizar não deve estar associado somente à redução imediata da parte financeira. É importante preocupar-se em obter maior vantagem competitiva a partir dos melhores serviços e da focalização dos esforços nas atividades ligadas ao produto final da empresa.
       Portanto, ao optar pela alternativa do aluguel, a empresa transfere para a Locadora não só a responsabilidade pela compra do veículo, mas também uma série de outros serviços e controles agregados que, somados, implicam em custos significativos e que, por já estarem incorporados ao aluguel do veículo, tornam esta alternativa muito mais atrativa.
       As frotas de aluguel são substituídas a cada 12 ou 24 meses. Isso aumenta a satisfação do usuário e possibilita maior produtividade operacional, como também mantém a empresa tecnologicamente atualizada em relação à frota. De acordo com o ritmo dos negócios do cliente, os modelos e quantidades dos veículos podem ser alterados para se adequarem a cada momento da empresa. Além disso, as Locadoras possuem plantão 24 horas para fornecimento de apoio de manutenção, reparos e substituição do veículo em caso de qualquer ocorrência.



Serviços transferidos para as Locadoras
Negociação com Concessionárias.
Compra dos veículos.
Recebimento e conferência dos veículos.
Pagamento dos veículos
Serviços de emplacamento/licenciamento (inicial e posteriores).
Distribuição/Transporte dos veículos para locais de utilização.
Pagamento, identificação e cobrança de multas de trânsito.
Contratação de seguros, roubo ou furto, incêndio, acidentes.
Acompanhamento judicial e extrajudicial dos sinistros.
Ocorrências.
Serviços de recuperação dos veículos acidentados.
Controle de manutenção preventiva e garantia (peças, mão-de-obra, oficinas).
Administração e controle de manutenção corretiva.
Fornecimento de carro reserva em caso de indisponibilidade.
Preparação de veículos para venda.
Negociação e venda de veículos usados.
Cobrança e recebimento dos veículos usados.
Substituição periódica da frota de veículos novos.
Contabilização de todas as receitas/despesas acima.
Serviços de controles informatizados.